Um apartamento industrial- vintage- autoral no coração de São Paulo

A reforma desse apartamento ultra charmoso nos Jardins colocou abaixo as paredes que separavam a sala da cozinha e dos quartos. O objetivo dos proprietários e do arquiteto foi ampliar e integrar os espaços sociais e ganhar luminosidade nos ambientes.

Cada detalhe foi pensado pelo arquiteto Paulo Castellotti, um amigo querido dos proprietários, para satisfazer os desejos do casal. Uma mega coifa industrial foi instalada para que o proprietário, um gaúcho louco por churrasco, pudesse cozinhar à vontade sem que o cheiro se espalhasse pela casa.

Na cozinha de ares industriais, a parede de tijolos brancos contrasta com o verde das plantas que caem do alto de uma prateleira, idéia da proprietária.

O quarto do casal pode ser integrado à sala ou totalmente fechado por uma porta de correr de aço escovado. O segundo dormitório foi transformado em closet / escritório. O lavabo é uma atração à parte: revestido de pastilhas de aço escovado douradas e com uma torneira que vem do teto, como uma instalação de arte.

Tudo muito charmoso e de muito bom gosto!

.

Post compartilhado com Projeto Habito

Em parceria com Kitty Padovani Imóveis Especiais

Fotos: Mariana Camargo

20160901_alameda-itu_1473-120160901_alameda-itu_1473-220160901_alameda-itu_1473-520160901_alameda-itu_1473-620160901_alameda-itu_1473-820160901_alameda-itu_1473-920160901_alameda-itu_1473-1020160901_alameda-itu_1473-1120160901_alameda-itu_1473-1220160901_alameda-itu_1473-1320160901_alameda-itu_1473-1420160901_alameda-itu_1473-2020160901_alameda-itu_1473-2120160901_alameda-itu_1473-2220160901_alameda-itu_1473-2320160901_alameda-itu_1473-2520160901_alameda-itu_1473-2820160901_alameda-itu_1473-2920160901_alameda-itu_1473-3120160901_alameda-itu_1473-3320160901_alameda-itu_1473-3520160901_alameda-itu_1473-3620160901_alameda-itu_1473-3820160901_alameda-itu_1473-4120160901_alameda-itu_1473-44

Qual a história da sua casa?

Comprei esse apartamento em 2008, eu tinha 26 anos, nem sabia direito o que estava fazendo. Tinha uma grana e não queria mais pagar aluguel, foi a melhor coisa que fiz na minha vida. Meu marido veio morar comigo em 2013 e quis fazer uma reforma geral para mudar a cara do imóvel. Foi aí que quebramos paredes, mudamos piso, cozinha, tudo! Virou outro lugar, bem mais agradável.

Teve algum motivo especial para ter escolhido esse espaço?

A localização foi a primeira coisa que me chamou a atenção, eu gosto por ser uma construção antiga, onde é difícil escutar as conversas dos vizinhos, isso é essencial para se ter paz em casa.

Como você descreve o estilo da decoração da sua casa?

Industrial- vintage- autoral.

O que mais gosta nela?

Gosto da praticidade da cozinha que funciona muito bem. Pensamos muito na disposição de tudo o que colocamos naquela cozinha, ela é maravilhosa e ao mesmo tempo prática.

O que da sua casa mais revela a sua personalidade?

Acho que os armários da cozinha tem a minha cara, por serem de madeira de demolição mas de cores vibrantes. Verde é a minha cor preferida, então escolhi diferentes tons.

Como é um típico dia na sua vida?

Acordo e vou correndo para cozinha fazer café da manhã, que é a minha refeição favorita. Sempre tomo café sozinha durante a semana, mas faço questão de colocar a mesa para mim. (Nos fim de semanas sempre invento um café da manhã mais caprichado, com receitas diferentes). Durante as manhãs vou na academia ou utilizo para responder emails, organizar a vida burocrática e ler as notícias do dia. Geralmente utilizo o horário do almoço para fazer alguma reunião. A tarde eu trabalho e a noite nos encontramos novamente em casa.

O que te inspira?

Viagens para lugares completamente diferentes do que eu vivo.

Quais os objetos mais especiais da sua casa, aquilo que tem significado emocional?

São muitos, desde o bibelô que a minha mãe ganhou quando tinha 15 anos, a zebra de papel machê que eu trouxe da África do Sul, até a figa de madeira que herdei do meu pai.

Tem objetos garimpados? Se sim, onde?

Tenho um Flamingo de Murano que achei na Feirinha do Bixiga, o móvel escrivaninha/penteadeira da Maria Jovem e o armário carteiro industrial também da Maria Jovem.

Costuma comprar objetos para a casa? Onde?

Costumo, mas não é sempre, geralmente quando faço alguma viagem ou quando cruzo com algo realmente que faz meus olhos brilharem.

Cozinha em casa? Pode compartilhar uma receita, se quiser!

Cozinho sim, o que eu tenho feito nos brunchs do final de semana é a Panqueca da dieta South Beach:

– meia xícara de aveia

-4 claras de ovo

-50g queijo cottage light

-1 colher chá de extrato de baunilha

– uma pitada de noz-moscada

– uma pitada de canela

Bate tudo no liquidificador. Pincele uma frigideira com óleo de coco e faça as panquecas. Recheie com frutas. Uau!

Pode compartilhar uma dica sobre sua relação com a casa? Tipo dica sobre cuidar das plantas, personalizar um móvel, etc.

Gostamos de conservar as coisas por muitos anos, para que isso aconteça é importante se informar sobre que produto usar em cada tipo de material. Existe um produto específico para cada tipo de piso, de mesa, de revestimento. É só se informar e cuidar com carinho que a casa estará sempre nova.

 

_______________________________________________________________

Kika, obrigada por compartilhar um pouco da sua vida e da sua casa com a gente. Seu apartamento é um lindo e transborda boas energias!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s